FGTS VAI DISTRIBUIR ESTE MÊS
R$ 8,1 BILHÕES AOS TRABALHADORES

FGTS VAI DISTRIBUIR ESTE MÊS
R$ 8,1 BILHÕES AOS TRABALHADORES

Valor será depositado até o dia 31 deste mês sobre o saldo que o trabalhador tinha até 31 de dezembro de 2020.

Cerca de 51 milhões de trabalhadores e trabalhadoras formais, com carteira assinada, que têm conta no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) vão receber um valor extra até o dia 31 de agosto. A Caixa vai distribuir R$ 8,1 bilhões em 180 milhões de contas individuais. “Tem gente que pede demissão e vai trabalhar como PJ [pessoa jurídica], por conta própria, e neste caso não pode sacar. Outras foram demitidas por justa causa, e tem gente que simplesmente esquece pequenas quantias, por isso essa diferença entre número de beneficiados e contas”, explica Clóvis Scherer, economista do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que assessora a CUT no Conselho Curador do Fundo de Garantia.

De acordo com o economista, a decisão final sobre o total a ser disponibilizado será tomada no próximo dia 10, terça-feira da semana que vem, durante reunião do Conselho, que reúne uma bancada tripartite formada por empresários, governo e trabalhadores, da qual a CUT faz parte. O valor a ser distribuído depende apenas de alguns detalhes, diz Clóvis Scherer. O motivo, explica, é que com a extinção do PIS/PASEP, os R$ 22 bilhões de saldo que tinham nessas contas migraram ao FGTS. Agora o Conselho precisa decidir se a distribuição dos lucros do Fundo de Garantia também vai beneficiar as contas do PIS/PASEP.

QUEM SERÁ BENEFICIADO – A distribuição do lucro do FGTS será feita em cerca de 180 milhões de contas de 51 milhões de trabalhadores formais, sobre o saldo de 31 de dezembro de 2020. Já as contas do PIS/PASEP que podem ser beneficiadas, dependendo da decisão do Conselho, chegam a 10,8 milhões.

SAQUEI ANTES DESTE PRAZO E AGORA? – Quem sacou o FGTS antes de 31 de dezembro de 2020, em qualquer dia e mês do ano passado, não terá direito a receber a divisão de lucros.

SAQUEI DEPOIS DE 31 DE DEZEMBRO E MINHA CONTA ESTÁ ZERADA – Quem sacou depois de 31 de dezembro, em qualquer mês deste ano, vai receber o percentual sobre o saldo que tinha naquela data. Vale para quem sacou para comprar uma casa própria ou para quem foi demitido.

REALIZEI SAQUE – ANIVERSÁRIO E/OU EMERGENCIAL – Quem sacou uma parte do Fundo de Garantia, seja o saque emergencial ou o saque-aniversário receberá o índice de distribuição sobre o saldo que restou em 31 de dezembro de 2020.

PEDI DEMISSÃO, TENHO DIREITO AO FGTS? – O trabalhador que pediu demissão e que está há três anos sem realizar nenhum depósito em sua conta, por estar desempregado ou abriu um negócio próprio, tem direito a sacar o Fundo e receber a distribuição de dividendos.

COMO É FEITO O CRÉDITO NAS CONTAS? – A Caixa deposita automaticamente o resultado distribuído nas contas individuais dos trabalhadores vinculadas ao Fundo.

É VANTAJOSO DEIXAR O DINHEIRO PARADO NA CONTA DO FGTS ? – Para o trabalhador que, embora tenha direito ao saque, não está precisando do dinheiro, vale a pena deixa o valor na conta, desde que não tenha investimentos que remunerem acima da inflação. Desde que começou a distribuição de lucros em 2016, o FGTS tem remunerado com índices acima da caderneta de poupança e o Certificado de Depósito Interbancário (CDI) – referência de diversos tipos de investimentos do mercado financeiro, por exemplo.
FONTE: CUT


Juliano

Os comentários estão fechados.